Vôo Asa Delta Litoral Norte

Vôo Asa Delta Litoral Norte - Guia de Hotéis, Pousadas e Lazer

Promocao Passagens Aereas

Litoral Norte

Porto Mare
Gaivotas Praia Hotel
Pousada Tempo Rei
Residencial Praia Brava
Hotel Sambaqui
Chalés Água de Coco
Paúba Praia Hotel
Pousada Marambaia
Flat Sao Sebastiao
Hotel em Sao Sebastiao
Sao Sebastiao Pousada
Hotel Praia Sao Paulo
Sao Sebastiao Chale
Imobiliaria Litoral Norte
Pousadas Sao Sebastiao
Hotel Praia Sao Sebastiao
Imobiliaria Sao Sebastiao
Apart Hotel Sao Sebastiao
Sao Sebastiao Chales
Litoral Norte Hotel
Imobiliarias Sao Sebastiao
Sao Sebastiao Pousadas
Hotel Litoral Norte

Vôo Asa Delta


Dica: O Hotel Fazenda 3 Poderes tem preços especiais para adeptos deste esporte
Para vôo-duplo em Caraguatatuba, serviço tercerizado (12) 3882.4988 - 9761.8767
JOSÉ MÁRIO DE SOUSA
 
O vôo de Asa-Delta exige coragem da pessoa, um esporte muito praticado no Brasil, mas uma pessoa sem experiencia jamais deve tentar voar sem orientação e apoio de um professor especifico, pois envolve perigo para quem não conhece - Caraguatatuba é uma das opções no litoral norte para quem gosta de praticar, no Morro Santo Antonio com 360m de altitude, os praticantes, seja qual for a
direção do vento, podem voar e contemplar a maravilhosa vista, pois contam com duas rampas próprias para decolagem de asa-delta e paraglider

Em 1974 o vôo livre chega ao Brasil através do francês Stephan Dunoyer que realizou a primeira decolagem no Cristo Redetor e também realizou vários vôos em diversar cidades do Brasil.
O primeiro brasileiro a voar foi o carioca Luis Claudio Mattos. O primeiro brasileiro a conquistar um campeonato mundial foi Pedro Paulo Lopes, o Pepê, em 1981, no Japão.
Em Santa Maria, Lucas Rubinger, um dos
pioneiros no RJ, chega em 1985 e inicia aulas com uma turma
de apaixonados pelo vôo. Lucas teve um papel importante, pois deixou plantada a semente do vôo em várias cidades do estado. Na foto abaixo Lucas aparece preparando uma nova decolagem.
O treinamento para aprender a voar de asa delta consiste em executar repetidos exercícios que visam o condicionamento dos reflexos. O aluno aprende a segurar a asa e correr com ela em um terreno plano usando a asa como freio aerodinâmico na hora de parar a corrida.
Posteriormente, em um barranco levemente inclinado e com uns 25 a 30 metros de altura, o aluno repete este exercício na parte mais baixa. É aí que ele vai dar os primeiros vôos. Na medida em que evolui, vai progressivamente subindo o barranco, até que esteja decolando da parte mais alta.
Concluída esta etapa, o aluno realizará o chamado vôo intermediário, em um morro com cerca de 100m de altura. É lá que ele aprende a executar curvas de 90º para a direita e para a esquerda. É nesta etapa que ele treina os procedimentos de emergência, como simular o lançamento do pára-quedas de emergência. Depois de muitos vôos no morro intermediário, é que ele parte para os vôos mais altos, que são realizados em uma montanha com mais de 400m de altura.
Nesta etapa final, o aluno deve dar de 10 a 30 vôos acompanhado
pelo instrutor, através do rádio.
Em 1919, um bombardeiro inglês atravessa o Atlântico Norte e, em 1924, os portugueses Gago Coutinho e Sacadura Cabral atravessam o Atlântico Sul, realizando a primeira navegação astronómica, a bordo do hidroavião "Lusitânia", construído por Charles Fairey.Lindberg realiza em 1927, o
Trajecto Nova Iorque-Paris. Em 1939 aparece o primeiro jacto e, em 1960, Yuri Gagarine é colocado em órbita, numa cápsula espacial.
Francis Rogallo, investigador da Nasa, que trabalhou sobre um projecto de retorno das naves Apollo e outras cargas pesadas à atmosfera, depôs, em 1948, o brevete de uma asa triangular, de vela flexível, direccional, fácil de montar e desmontar.
O achado foi fabuloso mas os técnicos
não encontraram saída operacional para tal engenho e o projecto foi abandonado.
Contudo, a novidade alastrou pela Califórnia e Hawai e, nos anos 60, por intermédio de Bill Moyes, colega de Rogallo, chegou à Austrália, onde o entusiasmo pela "Asa" se reacende, impelido por uma nova motivação: o prazer pessoal e o divertimento de pequenos grupos de amadores do voo livre. Eles fabricam, de bambu e polietileno ou constroem com nylon e alumínio, as estruturas frágeis com as quais deslocam das dunas e, de queda em queda, ao acaso das manobras, descobrem o
Trapézio que permite a condução dos aparelhos no espaço,
pela deslocação do centro de gravidade.
Vão descobrindo as leis da aerodinâmica e ei-los que escalam montanhas e deixam-se levar pelo vento, do alto das falésias. A tenacidade destes pioneiros anónimos determina o aperfeiçoamento da técnica e faz aumentar a segurança do material. O número de adeptos cresce de dia para dia e, em 1972, o "Hang Gliding", nome do desporto, passa dos EUA para a Europa onde é divulgado por Mike Harker. Uma série de iniciados lança-se afoitamente no espaço, criando um clima de confiança. Em 1975 tem lugar no Tirol o primeiro Campeonato Mundial no qual participam 300 pilotos de ASA DELTA, e os industriais interessam-se imediatamente pela construção dos aparelhos. Hoje,
um número enorme de asas, capazes de performances diversas
e os mais variados artefactos invadem o mercado.
 
 
Hotel 3 PoderesHotel MarHotel Litoral NorteHotel Águas Vivas
Chalés São Sebastião - http://www.chalessaosebastiao.com.br - (11) 3010-1234 / (12) 3881-2370
Hotel Fazenda 3 PoderesHotel Águas VivasHotel Litoral NorteHotel CaraguatatubaHotel MarAluguel de CarrosAnuncie Grátis seu Carro no maior portal de compra e venda da América Latina